Terça-feira, 22 de Setembro de 2009

O Presidente da República afastou Fernando Lima do cargo de responsável pela assessoria para a Comunicação Social. Na passada sexta-feira o Diário de Notícias escreveu que o assessor do Presidente da República Fernando Lima teria sido a fonte do Público nas notícias de 18 de Agosto em que se afirmava que Cavaco Silva suspeitava estar a ser espiado, e falou-se de escutas pelo Governo de José Sócrates. Agora estamos a viver um desses momentos jornalísticos febris. A colmeia foi agitada e bem que o Sr. Presidente da República tentou adiar estes estrebuchamentos para mais tarde. Foi em vão e não podia ser doutra maneira. No dia anterior a ser comunicada a demissão de Fernando Lima as tendências dominantes dividiam-se entre os que achavam este caso como um perigo para democracia e os que, como Marcelo Rebelo de Sousa, comentador e amigo de Cavaco Silva, considerava este assunto ridículo. Tenho a certeza de que ainda vamos ter revelações escaldantes. Entretanto, desde que começou esta história, que teve o seu auge quando os assessores do Presidente foram acusados de colaborar no programa do PSD, sempre se falou de escutas. Eu sei que todos têm um Bob Woodward ou um Carl Bernstein dentro de si e que os jornalistas sonham em ter o seu Watergate, mas também é sabido que não tem quem quer, quer quem pode. Escutas? Estamos a brincar. Se houve alguma indiscrição foi no máximo um colaborador de Belém com os copos. Até posso acreditar que, no máximo dos máximos, pode haver um bufo que até pode ser também alcoólico. Mas escutas? Na minha terra não. Mas voltando à síndrome de Watergate. Sabem porque é que nunca vamos ter nada parecido? Porque ninguém se atreve a ser uma Garganta Funda. Em Portugal, acaba-se sempre por saber quem é a fonte anónima e se tudo corre para o torto, o anónimo é despedido. Ser bufo, normalmente, acaba mal. Fora isso, tudo bem.



Publicada por Carlos Quevedo às 23:41
Comentar

Comentários:
De ana cristina leonardo a 23 de Setembro de 2009 às 00:58
vou roubar


Comentar post

Arquivo do blogue
Subscrever feeds
blogs SAPO