Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009

Vou fazer um descanzinho deste frenesi eleitoral. Da Bélgica veio uma notícia interessante que, para variar, não envolve corrupção nem pedofilia. O Ministro da Cooperação belga, Charles Michel, propôs que os milhões de litros de leite que os produtores da União Europeia têm desperdiçado desde o início de um protesto há poucos dias sejam transformados em leite em pó e enviados para os países pobres. Concordo com a medida contra um tipo de protesto espectacular mas um tanto imoral havendo tanta fome no mundo. No entanto, o ministro reconheceu que a proposta não soluciona os problemas dos produtores de leite, mas apenas evita a inutilização do produto e ajuda a amenizar a situação de fome em países como a Somália. Aqui é que está o busílis da generosidade por conta de outrem. Quando os produtores deitam leite nas ruas ou nos campos estão a desafiar o senso comum. Mas não há protesto se não houver desafio. Tomemos um caso nacional. Vamos imaginar que ante uma dessas multitudinárias manifestações, a Ministra da Educação pedia aos manifestantes que já que vêm do Marquês de Pombal até ao Terreiro do Paço, era bom que recolhessem todos os papéis, todas as garrafinhas e outras porcarias que encontrassem no caminho. E, já agora, que viessem com as roupas dos anos 70 para aproveitar as imagens num filme sobre o 25 de Abril. Não resolveria o problema dos professores, mas ao menos ajudava a termos uma cidade mais limpa ou uma superprodução de cinema de época. Ninguém duvida dos benefícios das ambas directivas, a belga e a portuguesa. Mas um protesto não pode ser útil. Tem de chatear o cidadão normal, alarmar as autoridades e, sobretudo, nunca passar despercebido. Não imagino os produtores de leite a descarregar a sua indignação à porta de uma multinacional de produtos alimentares nem a entregar com mansidão e generosidade o leite que tanto lhes custou a produzir. Os belgas têm com cada ideia… Fora isso, tudo bem.



Publicada por Carlos Quevedo às 23:32
Comentar

Arquivo do blogue
Subscrever feeds
blogs SAPO