Quinta-feira, 10 de Dezembro de 2009

A cimeira da ONU sobre alterações climáticas, que decorre em Copenhaga, está a tornar-se uma mistura de Congresso do PSD e eleições do Benfica. Eu estava à espera que fosse mais uma dessas conferências organizadas pela ONU em que não acontece nada a não ser um ou outro líder de algum país ficar ofendido com qualquer coisa estúpida que disse um líder igualmente estúpido. Desta vez não é assim. Desde o início a coisa foi tremida. Fizeram circular e-mails de cientistas que sugerem que terão manipulado dados ou tentado evitar a divulgação de informações a favor dos chamados “cépticos” que contestam o papel dos seres humanos nas alterações climáticas. A seguir tivemos a China que ficou incomodada com o símbolo da Conferência. Mais tarde outros cientistas, desta feita mais seriamente, contestaram as conclusões sobre a situação do planeta e afirmaram que está tudo errado, que o dióxido de carbono não é assim tão mau, que o mar não está a subir, que se aquece não é porque assado e assim por diante. Depois, mais uma vez, a China ofendeu-se por causa de um ministro que não deixavam entrar nas sessões. Entretanto, apareceu um documento que revelava as conclusões da Conferência antes de estar concluída e que era pouco favorável aos países mais pobres. Ainda temos Obama, muito ao estilo de Lula, que anuncia que só vem para o fim da Conferência, um pormenor que tira alguma seriedade à dita. Mas claro que tudo é uma questão de expectativas. Quem espera grandes coisas destas conferências organizadas pelas Nações Unidas ou é muito novo ou acredita em milagres. Até que não chegue o dia em que seja mais barato não poluir que poluir, pouco ou nada vai mudar. A outra alternativa seria inventar um novo deus ecologicamente verde que fundasse uma nova fé. Que nos mandasse para o Inferno se não fôssemos amigos do ambiente. Se calhar é por aí. Com menos ambição e mais trabalho fizeram-se muitas religiões. Fora isso, tudo bem.



Publicada por Carlos Quevedo às 23:29
Comentar

Arquivo do blogue
Subscrever feeds
blogs SAPO