Sexta-feira, 12 de Fevereiro de 2010

O dia de ontem, quinta-feira, foi excitante. Havia tantas coisas a acontecer ao mesmo tempo que era difícil concentrar-me numa só. Embora tinha um fraquinho por seguir os acontecimentos no Irão com o enriquecimento do urânio, o aniversário da revolução e a oposição da neta de Komeini, decidi focar todos os meus sentidos em Portugal. A Assembleia da República estava num alvoroço. Coisa que seria normal se lá estivesse o nosso primeiro-ministro. Mas pasmai! Mesmo sem Sócrates podíamos sentir o sangue dos nossos representantes a ferver. Se calhar foi só impressão minha. Digo-vos que pela primeira vez ouvi a sessão parlamentar pela rádio. Normalmente vejo na televisão e acreditem que perdemos muito quando, além de ouvir, podemos ver aquelas pessoas. Só ouvir é uma experiência que aconselho. Sobretudo, se por distracção não ouvirmos o nome do orador e orador não é uma das estrelas habituais. Aqueles longos minutos que levamos a identificá-lo são maravilhosos. Em dez segundos percebemos a que partido pertence. Mas adivinhar a que nome responde é por vezes um desafio. Infelizmente, por uma questão profissional tive de estar atento a outros acontecimentos nacionais. Era tudo muito maçador: uma manifestação pela liberdade de expressão aqui, uma EDP Distribuição ilibada na falha de fornecimento ali. Uma chatice até que dei com a informação de que um agente de execução e uma advogada foram ao início da tarde às instalações do semanário "Sol" para tentar notificar os responsáveis do jornal de uma providência cautelar, mas não conseguiram. Não estavam presentes nenhuns dos responsáveis directos da notícia acautelada, que, como sabem, era a das escutas. Passaram umas horas e como não havia ninguém responsável para receber a notificação, o solicitador acabou por entregar a documentação ao segurança da Prosegur de serviço à entrada do jornal. Pelos vistos, foi a única pessoa que aceitou receber a notificação. Uma tarde maravilhosa. Fora isso, tudo bem.



Publicada por Carlos Quevedo às 23:27
Comentar

Arquivo do blogue
Subscrever feeds
blogs SAPO