Sexta-feira, 24 de Setembro de 2010

Não sou muito de “ismos”. Nem sequer sou egoísta ou individualista, como disse a Sara Carbonero de Ronaldo. E não sou, não por falta de vontade, mas porque não gostaria de ser incluído nos que defendem o egoísmo como sistema de governo. Dito isto, não posso ser acusado de ser cavaquista. Contudo, ultimamente tenho meditado quase obsessivamente sobre a insistência do nosso Presidente em explorar as vias marítimas e, em especial, na construção de portos. Não é preciso lembrar que nós, portugueses, estamos no negócio marítimo há muito tempo. Quando éramos pobres, depois quando fomos ricos, mais tarde quando estávamos assim, assim, e desde que voltámos a sermos pobres, já lá vai mais de um século. São muitas gerações de portugueses a viver, usar, trabalhar, fugir e voltar por via marítima. E passando e utilizando os portos nacionais. Atrevo-me a afirmar que já inventámos vias marítimas e construímos portos que satisfaçam as nossas necessidades. Acredito, e até desejo, que se faça de Sines um grande porto para desentupir Lisboa, mas de resto, parece-me bem como estamos. Como é normal, não sei mais que Cavaco e até me atrevo a imaginar que ele não sabe muito mais que eu sobre o tema. Então porquê esta premência portuária e marítima? Foi a falar com os meus botões que descobri quão estúpido eu podia ser. Cavaco é um génio. Quanto pode custar abrir uma nova rota marítima? Zero. Uma quantidade bastante inferior a um TGV ou a mais auto-estradas, para não mencionar a ausência de peixe típica das auto-estradas modernas. Se o Presidente concordar comigo, um maravilhoso porto XPTO em Sines deve custar muito menos que um aeroporto financeiramente incerto. Remodelar e pintar os portos existentes paga-se com tostões. Cavaco Silva tem razão. Devemos investir naquilo que não nos tire os olhos da cara. E, sobretudo, naquilo em que somos bom. De portos e vias marítimas, temos o currículo cheio. Fora isso, tudo bem.



Publicada por Carlos Quevedo às 23:11
Comentar

Arquivo do blogue
Subscrever feeds
blogs SAPO