Sexta-feira, 1 de Outubro de 2010

Há não muito tempo, os problemas financeiros do país já eram conhecidos pelos responsáveis. Mesmo assim discutia-se se pessoas do mesmo sexo podiam ou não casar. Até se falou da reprodução ou ausência dela como o objectivo principal desta secular instituição. A crise já não era um segredo para ninguém, e o novo dirigente do PSD achou oportuno avançar com uma nova constituição. Ontem, li num jornal que o Sporting vai proibir o uso de calças de ganga aos seus funcionários e aconselha a evitar a "exposição de piercings e tatuagens". Já antes tinham exigido aos funcionários que fossem de “blaser” quando estivessem na tribuna presidencial. Começo a verificar um padrão nestas iniciativas. O enunciado seria: “Quanto mais tramados nos sentimos, mais devemos complicar a nossa vida”. Aplicado à vida quotidiana, seria assim. Um homem católico, apanhado em flagrante a dar uma facada no casamento, deve imediatamente dizer à sua mulher qualquer coisa como: “Querida, nós devíamo-nos converter ao judaísmo” ou “temos de contratar um mordomo”, ou algo que mereça um intercâmbio de ideias ou uma polémica ideológica que nada tenha que ver com o problema do momento. Para não fazer discriminações inúteis, a mulher adúltera, por sua vez, proporia ao marido que era hora de ter um personal trainer, porque a barriga já não se dissimula, então que mudasse novamente de carro. Numa comédia britânica, havia um patrão que sempre que um empregado lhe pedia um aumento lhe mostrava uma colecção de selos, um novo canivete ou qualquer outro objecto. Mal sabiam eles que estavam a assentar as bases de uma nova forma de comportamento no nosso país. A solução para os nossos problemas é criar outro ao lado e que seja apelativo para as partes envolvidas. No fundo é como aqueles passageiros do Titanic que preferiram beber champanhe a andar a preocupar-se com o bote salva-vidas. Para quê? Seja como for, não havia lugar para todos. Fora isso, tudo bem.



Publicada por Carlos Quevedo às 23:04
Comentar

Arquivo do blogue
Subscrever feeds
blogs SAPO