Sexta-feira, 31 de Dezembro de 2010

Três anos depois, este que aqui vos fala no último dia de Dezembro não estará convosco no 2011. Estejam calados. Não é preciso respirar de alívio ou ficarem tristes. Tive propostas irrecusáveis e nenhuma foi acompanhada com a cabeça de um puro-sangue nos meus lençóis. A questão é que vou emigrar. Não fisicamente, mas em espírito. Todos os meus futuros patrões serão estrangeiros. Uma das propostas – vou ser indiscreto – é escrever o guião de um filme sobre Bernard Madoff, o Dona Branca nova-iorquino. O facto de os meus pais terem ganho uma pipa de massa como sócios da Madoff portuguesa habilita-me a contar a história de dentro. Contudo, temos ainda que limar certas arestas. Gostava de ter Fernando Mendes no papel principal, mas os americanos insistem no Dany DeVito. Também quero o Paulo Pires como o filho que se suicidou recentemente e eles querem impingir-me o Colin Farrell. Só problemas. Numa coisa estamos de acordo: Rita Pereira, a do decote nos Emmy, vai fazer de mulher dos dois filhos. Interpretará os papéis das duas irmãs gémeas casadas com Mark e Andrew Madoff. Caso não estejamos de acordo, tenho mais duas propostas igualmente atractivas. A BBC quer o Senhor Comentador em inglês. Vai chamar-se “Out of that, everything ok”. O meu problema é que não gosto de me repetir. Embora seja aliciante que a versão americana da série “The Office” tenha superado a original inglesa. Não sei, tenho dúvidas. Por último, mas não menos sedutor, é que o Real Madrid também me quer contratar. Como carregador de piano, no sentido figurado, claro está. Disseram-me que a idade não importava, que eles têm umas pastilhinhas fantásticas, indetectáveis. Mas não sei, vestir-me de camisola branca, calças brancas e sobretudo meias brancas, parece-me um pouco azeiteiro. O bom disto é poder dormir em Lisboa todas as noites. Mas, claro, com outras pastilhinhas, também indetectáveis, por causa do fuso horário. Seja como for, vou estar sempre contactável para a minha legião de admiradores ou não. Não digo que estes anos passados juntos foram os melhores da minha vida porque não gosto de mentir. Entre os 18 e os 21 anos diverti-me bastante mais. No entanto, foi bom falar sem ser interrompido. Por outro lado, todos sabemos que o dinheiro fala mais alto. E por ser assim, fora isso, tudo bem!



Publicada por Carlos Quevedo às 23:31

De Bruna Uchoa a 25 de Março de 2011 às 12:03
Caro Blogger,

Te escrevo em decorrência da minha visita a http://osenhorcomentador.blogs.sapo.pt/. Eu trabalho na setor de pesquisa de emprego e achei muito interessante como esse assunto é discutido no seu blog.

Gostaria de te convidar a visitar o nosso portal: www.jobrapido.pt. O Job Rapido é um motor de pesquisa como o Google mas especializado em empregos, com uma simples pesquisa é possivel ter acesso a todas as ofertas de emprego publicadas em Portugal. É um serviço gratuito e realmente prático.

Se tu pensas que nosso portal seja interessante, seriamos contentos se pudesses mencioná-lo no seu blog. Este poderia ser não somente um recurso para os seus artigos, mas também uma ferramenta útil para os seus leitores que procuram emprego. Basta que tu coloques uma simples ligação de texto no seu blog (exemplo: Ofertas de Emprego) ou então te podemos oferecer a nossa Job Search Box, como esta do exemplo a seguir: empregoscento.blogspot.com.

Agradeceríamos em saber a tua opinião sobre o nosso serviço. No caso necessites mais informações, não hesite em contactar-nos.

Obrigada pela atenção!

Com os Melhores Cumprimentos,

Bruna Uchoa

Bruna Uchoa
Website Assistant
www.jobrapido.net


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Arquivo do blogue
Subscrever feeds
blogs SAPO