Segunda-feira, 29 de Setembro de 2008

Dois acontecimentos suscitaram o meu interesse neste fim-de-semana. O primeiro foi o apelo ao boicote da Deco e o segundo foi a caminhada contra a gravidez das adolescentes. O primeiro foi amplamente divulgado pelos meios de comunicação social. O segundo nem por isso. Para começar, é importante vos dizer que tenho toda a simpatia que uma pessoa normal pode ter por ambas as lutas. Começo pelo boicote. Como se passa com todas as mobilizações de cidadãos, nunca os seus números são iguais aos números oficiais ou, neste caso, iguais aos números desses seres gananciosos e sem escrúpulos que lucram com os aumentos dos combustíveis. No entanto, por uma vez houve uma coincidência na felicidade sentida por ambas as partes. A Deco ficou contente. Até deve ter recebido sorrisos aprovadores de Manuel Pinho, Louçã, Jerónimo e Manuela. Curiosamente, a Associação Nacional dos Revendedores de Combustível, a vítima mais imediata do boicote, também ficou contente. Afirmou que a adesão foi quase nula. Não devem ter sentido o boicote pela simples razão que há sempre alguém que tem de pôr gasolina num sábado. Ainda por cima, não há um único português que não aproveite a possibilidade de não ter de fazer bicha. Nem um esquerdista resiste a uma bomba vazia. Ainda bem que há gente contente neste país. O segundo acontecimento importante foi a Caminhada contra a gravidez das adolescentes, organizada pela Câmara Municipal da Maia e a Socialis, no âmbito do Projecto Semente, que, diga-se de passagem, é um grande nome para a luta contra este flagelo. Para mim, é o protesto do ano. Tenho a certeza de que as adolescentes grávidas se vão sentir atingidas e não vão repetir a brincadeira. Os rapazes que engravidaram as coitadinhas, também se vão lembrar desta caminhada antes de ir para caminha. Pela minha parte, já estou a organizar uma meia maratona contra as hormonas. Para mim, a grande responsável por muitas ninhadas destas criancinhas. Fora isso, tudo bem.



Publicada por Carlos Quevedo às 23:10
Comentar

Arquivo do blogue
Subscrever feeds
blogs SAPO