Segunda-feira, 23 de Março de 2009

Os dois grandes temas nacionais do momento são o problema da escolha do novo Provedor de Justiça e a arbitragem de Lucílio Baptista na final da Taça da Liga. Obviamente o mais urgente é falar do jogo Sporting-Benfica. Não porque seja mais importante mas porque se o problema do Provedor está há meses por resolver, bem pode esperar mais uns diazinhos. Falemos, pois, da famosa penalidade decisiva na final da Taça da Liga. Ninguém duvida de que foi um erro que não teria sido cometido, se tivéssemos a possibilidade de fazer uso da tecnologia que temos – ou seja, por enquanto, da televisão. Para mim a discussão acaba aqui. Mas não foi nem é assim. O Presidente do Sporting e os adeptos não se conformam e as explicações dadas pelo árbitro na SIC parecem não ser suficientes. Compreendo a revolta mas não podem esperar mais que isso. Eu era uma criança muito pequenina quando a primeira polémica mediática sobre um erro arbitral correu o mundo. Foi na final do Mundial de 1966 quando um árbitro suíço validou um golo inglês que não existiu. Sem querer desmerecer a Taça da Liga nem o seu principal mentor, Hermínio Loureiro, diria que o erro de Lucílio tem menos dimensão mundial. Mas nem por isso deixa de ser um erro. Num universo ideal onde os árbitros seriam infalíveis, podíamos afirmar que nem Inglaterra teria sido campeã do mundo nem o Benfica campeão da Taça da Liga. Mas a vida é injusta para todos. Na minha humilde opinião, os adeptos de futebol deviam aceitar a vida tal como é. Para começar, não devemos acreditar em conspirações. Devemos, sim, acreditar na bondade das pessoas e saber que os erros podem ser involuntários. Sobretudo, ao contrário do que se julga, devemos saber que não somos sempre recompensados pelo nosso mérito. A única consolação que temos é que o mal nosso de cada dia será também o mal dos outros pelo menos alguma vez na vida deles. Esperamos estar presentes quando isso aconteça. Fora isso, tudo bem.



Publicada por Carlos Quevedo às 23:59
Comentar

Arquivo do blogue
Subscrever feeds
blogs SAPO